05/12/2012

Fantasia feita em casa - Jessie (Toy Story)

Na próxima sexta-feira Bia tem que ir fantasiada pra escola, é o "dia da fantasia". Já teve um dia assim na semana da criança, e eu passei um belo aperto - fiquei sabendo em cima da hora, não dava tempo de procurar uma fantasia e eu não tinha opções muito boas em casa: uma fantasia de odalisca que deixava a menina quase pelada (na época não estava ainda muito calor e eu não gosto muito da idéia de ela usar esse tipo de roupa) e um vestido de branca de neve que manchou inteiro quando tentei lavar. Pensei em mandar ela de caipirinha, com o vestido da festa junina, mas queria alguma coisa que ela ainda não tivesse usado na escola. Acabei vestindo nela a fantasia de pirata do Nando. Ficou muito bonitinha e ela adorou, e ficou diferente do resto (tinha MUITAS brancas de neve lá!).

Agora eu soube do dia da fantasia com uma semana de antecedência e já comecei a pensar no que fazer.  Queria, se possível, uma fantasia que eu pudesse fazer em casa. Assim eu fugiria dos tecidos horríveis e desconfortáveis que mancham e esquentam, fugiria do preço absurdo por uma fantasia mal feita, fugiria das modinhas e ainda teria o prazer de criar uma coisa fofa pra minha filha. Pensei num personagem que Bia gosta: a Jessie.

Num mundo de princesas, borboletas e fadas, que tal uma vaqueira?

Comecei a pesquisar. Rapidinho achei este site aqui, que mostra uma fantasia feita em casa de um modo super simples. Me animei e já comecei a esquematizar tudo na cabeça e listar o que precisava comprar.

Não fotografei o passo a passo porque fiz praticamente tudo durante a noite e também porque, bom, não estava a fim de me organizar pra fazer isso :) Mas vou explicar como eu fiz (e o link que passei logo acima também pode dar ideias).


Comprei um chapéu de EVA vermelho numa papelaria que tem um setor de fantasias. Ele veio com uma fita amarela que eu tirei e troquei por essa branca - fixada com cola universal - e além disso furei as beiradas pra passar o barbante cru (eu não tinha um fio grosso o suficiente então passei o barbante "duplicado". Aí na foto dá pra ver as emendas, acho que confundi a parte da frente e de trás do chapéu (eu "acho", porque não entendo nada de chapéus e ele é quase igual dos dois lados).


Essa camisa foi o que me tirou o sono. Rodei o centro da cidade inteiro, lojas de bebês, Hering, e não achava a bendita pólo branca em lugar nenhum. Cheguei a comprar uma camisa básica branca com gola normal mesmo, tentei de tudo com ela mas não estava dando certo. Quase desisti, mas tinha visto de perto uma fantasia da Jessie pronta e não queria comprar aquilo. Minha última tentativa foi o Extra, se não achasse lá, desistiria. Mas achei! A camisa (masculina) tinha um desenho próximo aos botões, mas era discreto e daria pra esconder.

Cortei o tecido amarelo no formato que eu queria (coloquei ele por cima da camisa e risquei com lápis) e colei com cola universal o cordão de cadarço vermelho. Tive que encher as pontas do cordão de cola também, porque ficava desfiando. Depois que secou, costurei à mão na camisa. Deveria ter feito uma bainha, porque o tecido já está desfiando, mas na hora nem pensei nisso (coisa de costureira experiente). Do lado direito, onde tinha o desenho, coloquei um tecido branco por baixo, com o mesmo recorte, pra ajudar a esconder. Depois de costurado, colei o cordão na parte de baixo pra arrematar.


Eu ia usar uma calça jeans na fantasia, mas achei essa no Torra-Torra na cor que eu queria, por módicos 9,90, de um tecido tão molinho e confortável (e vagabundo, que nem foi usado e já tá enchendo de bolinhas) e achei ótimo ter essa opção mais leve. A calça da Jessie tem essa estampa de vaca nas pernas só na frente, então comprei o tecido (fácil de achar) cortei no tamanho certo e costurei, também à mão. E dessa vez a gênia aqui cortou o tecido com sobra e fez a bainha pra não desfiar. A calça estava larga na cintura (mas perfeita no resto) aí ajustei isso também.


O cinto foi feito com feltro preto e a "fivela" fiz com o mesmo tecido de vaca colado no papel cartão. Pra fechar coloquei velcro (tentei colar com cola universal mas não deu certo, então usei cola quente).


E finalmente a bota. Comprei na mesma papelaria onde encontrei o chapéu, por trinta e poucos reais - muito mais barato que qualquer outra bota do mundo - é totalmente cowboy e provavelmente será usada somente com essa fantasia, porque tem saltinho e não quero Bia usando isso no dia a dia. Sem falar que ela nem consegue andar direito com essa bota, tenho certeza que vai chegar na escola e trocar por um tênis rapidinho :-)

No fim, deu certo! Foi rápido, fácil e principalmente MUITO prazeroso fazer!


E o principal: Bia ADOROU!!


Nenhum comentário: